O UDI Hospital não se manifestou sobre o caso que também foi denunciado pelo deputado Yglésio

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS) publicou ontem (2), em sua conta no Instagram, um vídeo sobre uma denúncia partida de profissionais do São Domingos e do UDI. Basicamente, o caso tratava do aumento da jornada de trabalho dos profissionais da enfermagem por semana, mas sem aumento proporcional nos salários dos servidores – estes receberiam apenas um aditivo caso a nova escala fosse efetivada.

Além do aumento da jornada de trabalho, haveriam demissões em grande escala de profissionais, o que segundo o deputado Yglésio seria um absurdo, visto que o Maranhão se encontra em uma situação delicada e de emergência por conta da covid-19.

No caso do aumento da carga horária, o deputado destaca que isso afetaria os enfermeiros em termos financeiros e na qualidade de vida.

“A gente sabe que muitos profissionais da saúde trabalham em mais de um hospital pra completar a renda e manter suas famílias. Se essa mudança ocorresse no São Domingos, esses profissionais não teriam tempo de trabalhar em outras unidades e, mesmo se conseguissem, a qualidade de vida deles seria afetada completamente, o que também implicaria em baixa eficácia no trabalho realizado por eles”, disse o deputado.

Sobre as respostas

Após a repercussão do caso, até momento da redação deste texto, o UDI Hospital não entrou em contato com a ASCOM do deputado Dr. Yglésio. Por outro lado, a ASJUR do hospital São Domingos enviou a nossa Assessoria de Imprensa uma nota sobre o caso. Veja na íntegra!

Vale destacar que a Assessoria de Imprensa do então deputado se põe à disposição para dar e receber quaisquer esclarecimentos de ambos hospitais sobre o caso em questão.