O deputado estadual Yglésio Moyses (PROS), por meio das redes sociais, reforçou sua preocupação com as pessoas portadoras do Transtorno do Espectro Autista (TEA) ao informar, ontem (28), que a tradicional queima de fogos em São Luís, no dia 31 deste mês, será realizada utilizando material que causa menos ruído do que os normalmente utilizados.

A informação veio após diálogo entre o parlamentar e mães de crianças com Transtorno do Espectro Autista, além de posterior conversa com o Secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso, o qual garantiu proteção não só às pessoas, mas também ao meio ambiente.

“Algumas mães de crianças com TEA entraram em contato comigo pela manhã, preocupadas com a queima de fogos programada pelo @governoma. Entrei em contato com o secretário de Cultura @andersonflindoso, que me relatou que os fogos que serão utilizados não serão esses de estampido clássico”, informou o deputado.

Ainda segundo o parlamentar, o material utilizado será de do tipo que a sua queima ocorre de forma lenta desde o seu lançamento do solo (sem aquela explosão), não atinge grandes altitudes, tendo maior qualidade na apresentação das cores e, por conta disso, não causa ruído suficiente para afetar a saúde das pessoas, tampouco a dos animais no que se refere à audição e, consequentemente, o comportamento.

Longa atuação parlamentar nesta causa

A solicitação pela não utilização de fogos de artifício convencionais, que causam bastante barulho, vem sendo feita pelo parlamentar há alguns meses, tendo mais destaque na época da campanha eleitoral, período em que o uso de foguetes é comum, o que afeta a saúde de pessoas que possuem o Transtorno do Espectro Autista, já que a audição dessas pessoas é tão sensível quanto a dos animais, estes também no meio da preocupação do parlamentar.

A atuação do parlamentar nessa pauta tem destaque não só no que foi dito, mas em proporcionar um ambiente amplamente agradável à convivência dos portadores do TEA. Isso ocorre com indicações, projetos, diálogo com lideranças, autoridades e com seus posicionamentos na Casa do Povo em benefício dessas pessoas.

Queima de fogos em São Luís

O deputado também informou como será realizada a queima de fogos na capital.

“Haverá 15 pontos de soltura de fogos na Ilha de São Luís e, à exceção da Litorânea, a queima será de aproximadamente 1 minuto, apenas. Na Litorânea, a queima de fogos será um pouco mais prolongada, porém sem exageros para marcar a virada do ano”, concluiu.