O deputado Yglésio Moyses (PROS), durante discurso feito na Sessão Plenária de hoje (03), na Assembleia Legislativa, disse que há uma desorganização no Comando da Polícia Militar por conta da “acumulação de erros que mancham a imagem da corporação”, como ele mesmo destacou.

O caso da morte do Salomão Matos dos Santos, agente da perícia médica da Polícia Civil, morto recentemente por agentes velados na PM no estacionamento da UPA do Parque Vitória, motivou o discurso do parlamentar.

Ainda em sua fala, o parlamentar pediu que o Secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, fizesse uma intervenção no comando da PMMA.

“Eu sei que, de fato, as coisas estão muito desorganizadas! Esse comando do Coronel Pedro Ribeiro precisa de um rumo”, afirmou. “Secretário Jefferson, lhe peço: intervenha, de fato, na Polícia Militar porque o comando precisa de um rumo. A corporação clama! Está perdida!”, exclamou o deputado Yglésio.

“Hoje, a cada dia, infelizmente, com tantas pessoas valorosas dentro da corporação, notícia negativa atrás de notícia negativa. E isso o que a gente não pode admitir aqui no Maranhão”, destacou o deputado.

Yglésio, por vezes, utilizou a tribuna tanto para elogiar a PMMA quanto para denunciar os erros cometidos, ainda mais se tratando de abuso de autoridade. Há alguns meses, o deputado denunciou episódios de abuso de autoridade cometidos por policiais militares no interior do Estado, a exemplo do que houve no município de Rosário, onde agentes da PM, ao abordar pessoas em um bar, utilizaram de força desproporcional durante a ação, agredindo as pessoas mais próximas, chegando a ferir algumas delas.