O deputado estadual Yglésio Moyses (PROS) usou as suas redes sociais, hoje (7), para reabrir a discussão em relação ao consumo de drogas pelos jovens no Centro da cidade, em especial o Reviver, que é comumente frequentado por centenas deles aos fins de semana.

Na região, o uso de drogas, segundo policiais da Base Comunitária do Reviver, infelizmente, é comum e muito elevado, tendo como maior agravante dessa situação a presença de menores de idade também consumindo entorpecentes e bebidas alcoólicas, estas que, inclusive, têm venda proibida por lei para menores de 18 anos.

Segundo a Polícia Militar que atua na região, já foram apreendidos inúmeros menores de idade consumindo ou portando quantidades expressivas de entorpecentes. Essa situação, segundo eles, gera um ‘efeito cascata’ e afeta desde a saúde dos jovens, passando pela queda no número de turistas, chegando à economia local, que deixa de faturar.

A Polícia também informou que, com a presença de grande de um grande número de jovens na Praça Nauro Machado, a ação de criminosos é iminente, havendo muitos casos de roubos e furtos no local, sendo os aparelhos celulares o principal foco deles.

Os comerciantes e vendedores ambulantes também reclamam da situação, visto que são alguns dos principais prejudicados por conta do perigo aos turistas e à economia, já que muitas famílias dependem do Reviver para viver.

Em suas redes, Yglésio disso que o problema do consumo de drogas pelos jovens na região não é atual e precisa ser observado com atenção. Além disso, o deputado destacou que acionará a Defensoria Pública, a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social, esta, para a aplicação de políticas públicas, além do Ministério Público, para atuar no caso e juntos contribuir com o trabalho dos policiais militares, incentivar o não consumo de drogas pelos jovens e promover um ambiente seguro para todos.